Publicidade
Segunda, 07 Agosto 2017 23:28

Quanto vale um sonho ? Destaque

Escrito por
Avalie este item
(12 votos)

Concordando com Fernando Pessoa, ao dizer que “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”, não é arriscado definir que sonho é do tamanho da alma do sonhador. E, para tal, não há padrão nem tampouco limite. Para muitos, esse desejo não consumado é um carro de luxo; para outros uma viagem; uma casa; estar com um familiar que não vê há muito tempo... Para a pobre menina, uma boneca que nunca teve. Para uma rica senhora, adquirir o último lançamento de uma marca internacional que ainda não chegou ao País, enfim, não se delimita isso, apenas sente-se conforme o contexto que lhe envolve. Mas e quanto cada um está disposto a fazer essas vontades tornarem-se concretas? Pois bem, diferente do limite do sonho, a busca por ele pode ser mensurada.

Imagine com tantas possibilidades menos trabalhosas que o mundo oferece especialmente a quem é jovem e belo, uma jovem acordar às 5 horas da manhã, rodar a cidade numa motocicleta, para estar pontualmente em uma academia às 6h, emendar com o trabalho de auxiliar de projetos em uma empresa de Engenharia Elétrica; no horário do almoço fazer aulas de passarela, voltar pro trabalho, seguir para a faculdade de Arquitetura; voltar para casa e estudar mais, para reforçar o aprendizado acadêmico e para passar em um concurso público. E no meio dessa rotina intensa, ainda há espaço para aulas de oratória, inglês e voluntariado. Por que alguém faria isso tudo? Essencialmente, pela motivação de construir um futuro brilhante e, consequentemente, por querer representar o Tocantins num concurso nacional de beleza. Bem vindo à vida da Islane Machado, que viaja hoje para São Paulo para participar do Miss Brasil 2017, no próximo dia 19.

De certa forma, o sonho da Islane já está realizado: o de ser a representante da beleza do Estado, mas sua determinação a incomoda para alcançar a perfeição. Quando chegou à Femine Fitness Center, aparentemente imaginamos que nem havia o que ser feito. Tanta harmonia corporal parecia exigir apenas a manutenção de uma rotina de treinos. No entanto, quase imperceptível em meio à beleza da nossa miss, havia milímetros que poderiam ser ajustados. Durante meses, ela literalmente correu atrás dessa adequação. De nossa parte, praticamente somente um acompanhamento da equipe, pois a disciplina desta jovem a fez alcançar a meta com louvor.

O sonho da Islane vale um esforço diário de equilíbrio do corpo e mente e o drible de muita adversidade que não nos cabe relatar aqui. E o nosso sonho? Quanto esforço está valendo?
Cheila Naves

Cheila Naves

Mãe de três filhas, Cristã, Professora do IFTO, Empresaria de uma academia exclusivamente feminina. Foi a primeira coordenadora do projeto social internacional Brasil - Canadá, que trabalhava com mulheres em estado de vulnerabilidade.

www.colunaviptocantins.com.br/cheila-naves

Colunistas



Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27