topocolunavip

Publicidade
Segunda, 16 Outubro 2017 16:14

Outubro Rosa, uma abordagem efetivamente preventiva

Publicado por
Avalie este item
(0 votos)

Essa data é lembrada em vários países do mundo. Um tempo oportuno de reflexão diante dos alarmantes resultados epidemiológicos do câncer em mulheres na atualidade. A mídia e os órgãos públicos evidenciam muito os exames, principalmente a mamografia e a Ultrassonografia mamária para o câncer de mama e o exame PCCU para o câncer de colo de Útero. Não temos nada contra aos exames, mas exame detecta, exame não previne.

Porém as mudanças de Estilo de Vida, é que se constituem em prevenção efetivamente. E um despertar para uma vida mais saudável.

1. Atividade física regular é muito importante porque combate à obesidade que é um dos fatores de risco para o câncer de mama, melhora o humor e regula hormônios e ativa fatores imunológicos.

2. Não fumar , o fumo se constitui um fator de risco de relevância para os indicadores na gênese das neoplasias em geral.

3. Na Alimentação está um grande risco , como também uma grande arma preventiva p a saúde . Existe uma grande diferença entre alimento e produto alimentício. Alimento é o que colhemos da natureza, vegetal e animal. Produto alimentício é algo que é oferecido pela indústria p alimentar porém sofreu vários processos para durar mais ou para manter o sabor a consistência ou cheiro. Ou seja: um produto industrial . Esses alimentos são responsáveis pelas doenças , por possuírem aditivos químicos q podem causar câncer.

A exemplo do açúcares e refrigerantes, Trata-se de verdadeiros venenos para saúde que com o uso contínuo vão cada vez mais prejudicar o ser humano. Por outro lado existem as frutas e legumes que são verdadeiros antídotos , existem as cruciferas como couve flor, brócolis, repolho e couve de bruxelas etc que possuem uma substância que combate a célula cancerígena e impede o seu desenvolvimento . E outras frutas como maçã , graviola , tamarindo etc

4. A vitamina D, que na verdade não é uma vitamina , e sim um hormônio, essa vitamina existe em abundância nos raios solares , nosso corpo precisa do sol , para manter nossos níveis de vitamina D3 em níveis elevados, porém no Brasil apesar de ser um país tropical os níveis de vitamina D3 das pessoas é muito baixo.

É preciso estar acima de 50 mcg para estarmos protegidos do câncer , a vitamina D3 tem uma ação imunológica muito efetiva, levando a célula cancerígena a apoptose , que é a morte celular. Os alimentos são pobres em vit D3 , o ideal é suplementar diariamente com a vitamina que Ainda tem efeitos benéficos para a pressão arterial, para regular a glicemia, para a fixação do cálcio nos ossos e Ainda sobre o sistema nervoso central.

5. O fator emocional é muito importante , os traumas e grandes conflitos emocionais podem desencadear o câncer , já ficou provado que o estresse e a mágoa contínua pode levar a uma perda imunológica importante ao ponto de causar o desenvolvimento de neoplasias . E que pessoas bem humoradas e sem grandes conflitos de alma são pessoas menos propensas ao câncer. Aí nessa pequena receita podemos resumir fatores de prevenção efetivos, que somados a exames periódicos e avaliação médica melhorar o quadro epidemiológico mundial .

Última modificação em Sexta, 12 Abril 2019 11:47
Liliane Vieira

Médica clínica geral , pediatra e pesquisadora em nutrologia.

Itens relacionados (por marcador)

Publicidade

Colunistas

Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27