Imprimir esta página
Segunda, 08 Abril 2019 10:09

Vacinação contra influenza começa nesta quarta-feira, 10

Publicado por
Avalie este item
(0 votos)

A Secretaria de Saúde de Palmas inicia a Campanha de Vacinação contra a Influenza nesta próxima quarta-feira, 10. As equipes dos Centros de Saúde da Comunidade (CSCs) passaram por capacitação na última semana e as unidades de saúde já receberam as doses que protegem contra os subtipos dos vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. Para receber a vacina é necessário se dirigir a uma das 32 salas de vacinas, das 8 às 17 horas, e apresentar no momento da vacinação o cartão Sistema Único de Saúde (SUS) e o cartão de vacina.

Para otimizar a vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde definiu o seguinte calendário: do dia 10 a 22 de abril serão vacinadas crianças e gestantes, e após esse período os demais grupos prioritários.

A meta da Semus é vacinar 100% do público-alvo em todo o período da campanha, que termina no dia 31 de maio. A gerente da Central de Vacinas de Palmas, Elaine Katzwinkel, explica que a vacina não pode ser vista como medida curativa, mas sim preventiva, e tem como objetivo evitar a forma mais grave da gripe e também complicações que podem surgir por causa da doença. “É importante destacar que a gripe pode ter complicações e levar a óbito, e a vacina é um meio de prevenção e não de cura”, alertou.

A vacina não tem contraindicações ou efeitos colaterais, quem tem alergia ao ovo também pode tomar a vacina. A enfermeira explica ainda que a picada pode causar, no máximo, uma pequena alergia no local de injeção, e que a mesma não gera processo de gripe em quem tomou. O Dia D de mobilização nacional está marcado para dia 04 de maio.

Quem deve tomar a vacina da gripe?

Grupos prioritários: indivíduos com mais de 60 anos, crianças de seis meses até seis anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias de idade), gestantes, mulheres que tiveram um filho nos últimos 45 dias (puérperas), trabalhadores da área da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional.

Doenças crônicas e condições especiais que credenciam o paciente a receber a vacina: doenças respiratórias crônicas (asma, DPOC, fibrose cística), doenças cardíacas crônicas (hipertensão, insuficiência cardíaca), doenças neurológicas crônicas, doenças hepáticas crônicas, doenças renais crônicas, diabetes, obesidade, imunossupressão (indivíduos que estão com o sistema imune abalado por doenças ou medicamentos), trissomias (síndromes de Down, de Klinefelter, de Wakany), transplantes (órgãos sólidos e medula óssea).

Locais de Vacinação

Região Norte

- CSC José Luiz Otaviani (Arno 33)

- CSC Arno 41

- CSC Arno 42

- CSC Arno 44

- CSC Arno 61

- CSC Arno 71

- CSC Arne 53

- CSC Arne 64

Região Central

- CSC Arse 13

- CSC Loiane Moreno (Arse 24)

- CSC Arse 75

- CSC Arse 82

- CSC Satilo Alves (Arse 101)

- CSC Valéria Martins (Arse 122)

- CSC Arse 131

- CSC Francisco Júnior (Arso 41)

- CSC Arso 111

Região Sul

- CSC Eugênio Pinheiro (Jd. Aureny I)

- CSC Jardim Aureny II

- CSC Liberdade (Jd. Aureny III)

- CSC Laurides Lima (Jd. Aureny III)

- CSC José Lucio (Lago Sul)

-CSC Alto Bonito (Jd. Aureny IV)

- CSC Novo Horizonte (Jd. Aureny IV)

- CSC Jardim Taquari

- CSC Santa Bárbara

- CSC Bela Vista

- CSC José Hermes Damaso (Setor Sul)

- CSC Morada do Sol

- CSC Santa Fé

- CSC Walter Pereira Morato (Taquaruçu)

  • CSC Mariazinha (Buritirana)

Da Secom

Fotos: Igor Flávio

Ivonete Eich

Colunista social, jornalista, empresária, professora de matemática, química, física e biologia. Natural de Cerro largo RS. 
 

Mais recentes de Ivonete Eich

Itens relacionados (por marcador)