Colunistas6

Publicidade

A partir desta quinta-feira, 20, os visitantes da Exposição Agropecuária de Palmas (ExpoPalmas) 2018 poderão conferir de perto uma fazendinha, instalada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (Seder) para demonstração de tradições e tecnologias rurais empregáveis em propriedades da região.

Publicado em Ivonete Eich

 A Secretaria de Desenvolvimento Rural (Seder) vai apresentar na Feira Agropecuária do Tocantins (Agrotins), de 8 a 12 de maio de 2018, a Fazendinha Água Doce, projeto com foco no turismo rural dentro das pequenas propriedades rurais de Palmas, para os produtores da agricultura familiar, os alunos das escolas municipais, os idosos do Centro de Referência e Assistência Social (Cras).

Publicado em Juliana Ferreira

A nova tabela de preços dos peixes comercializados nas feiras da capital,  durante o período da Quaresma, já está disponível para consulta. Essa é a segunda pesquisa deste ano divulgada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural  (Seder), com objetivo de estimular a população a priorizar a compra de peixes nas feiras da Capital e promover o pequeno comerciante.

Publicado em Ivonete Eich

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (Seder) lançará na Feira de Tecnologia Agropecuária do Estado do Tocantins (Agrotins 2017) que acontece de 09 a 13 de maio, um adubo orgânico originário da decomposição de galhadas, com a utilização de fungos. Durante a Feira, a Seder apresentará também as seis tecnologias para economizar água na agricultura e uma sala de aula de solo, em chão de roça.
Outra novidade que será mostrada é a irrigação de baixo consumo através do acionador automático de irrigação de baixo custo. Será feita uma demonstração da eficácia de um pulverizador costal eletrostático, que apresenta uma economia de 30% de energia, e uma eficácia de 70% em sua utilização.
Adubo
Destaque das tecnologias apresentadas pelo órgão durante a Agrotins 2017, o adubo super mix orgânico possui alto valor comercial e foi desenvolvido pelo responsável técnico, o engenheiro agrônomo e titular da Seder, Roberto Sahium. O adubo orgânico será produzido a partir da farinha de osso produzida pelos frigoríficos, a cinza de cerâmica, e a degradação das galhadas, agregando um alto teor de nitrato, fósforo e potássio, com a utilização de fungos.
Todo o segredo do processo de compostagem para a fabricação do adubo requer a utilização de fungos, fabricados pelo próprio secretário da pasta.
O fungo produzido fica guardado em uma leira-isca durante 60 dias. Após a inoculação nos detritos de galhadas, farinha de osso e cinza de cerâmica, começa o processo de decomposição, onde o fungo age na celulosa em ligninas, durante o processo enzimático, onde as enzimas degradam a ligninas e a celulose, liberando os minerais (nitrogênio, fosfato, potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco, cobre, etc).
De acordo com o responsável técnico, o processo de maturação leva menor tempo que os demais fungos, que normalmente são de 180 dias.
“Sessenta dias é o tempo para inocular os fungos selecionados na natureza. Os fungos são dóceis, trabalhadores e sensíveis”, disse.
A Agrotins é promovida pelo Governo do Estado e em sua décima sétima edição terá o tema “Água, Sustentabilidade da Vida”.

Crédito aline batista 2
Márcio Greick
Crédito Aline Batista

Colunistas

Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27